Nas superfícies trabalhamos a fundo

Com os nossos parceiros bem sintonizados, conseguimos efetuar praticamente todas as operações de galvanoplastia nos seus elementos de fixação. Aqui tem as mais correntes:

Zincagem

Com uma zincagem, o seu parafuso ou elemento de fixação é protegido contra a corrosão. Com o passar do tempo, porém, a camada de zinco fica exposta a ferrugem branca. Através de um tratamento especializado ulterior, como a cromagem, é possível adiar o processo de formação de ferrugem.

Zincagem a fogo

Efetuamos nós próprios a zincagem a fogo. Nesse processo, a peça é imersa num recipiente com material fundido a uma temperatura de 450°C, sendo assim coberta com uma espessa camada de zinco. O processo é especialmente indicado para pequenas peças e componentes individuais. Não são de excluir eventuais irregularidades na superfície da camada de zinco.

Sherardização

Num tambor rotativo a temperaturas de 320°C a 500°C, o material da peça mistura-se com pó de zinco. Este processo garante uma camada de zinco muito regular e, desse modo, uma proteção segura contra a corrosão.

Zincagem galvânica

No caso da zincagem galvânica, o material é mergulhado num eletrólito de zinco. A espessura da camada comporta-se de modo proporcional à intensidade e duração do fluxo da corrente elétrica.